Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado do Paraná
telefone:
(41) 3224-9163

Novas oportunidades de gerar negócios

simpep foto 1

Apesar da retração no primeiro trimestre deste ano ser a pior da série histórica, com uma queda de 17,7% da produção da indústria de transformados plásticos, em relação ao mesmo período de 2015; de termos a perspectiva de fechar 2016 com uma queda de 4,8% (Abiplast) e de ainda estarmos lidando com todas as incertezas do cenário político econômico nacional  (e agora também  global, diante da saída do Reino Unido da União Europeia) não podemos desanimar.

O único caminho é buscar oportunidades para a geração de novos negócios.

E felizmente o setor não se acovardou diante de números tão negativos e das incertezas. O mercado tem reagido  com fibra, buscando encontrar soluções e ideias em feiras, congressos e simpósios que abrem possibilidades de novos negócios, por meio do networking, processos de  tecnologia avançada e inovação. Trata-se de uma saída honrosa e estratégica para a retomada do crescimento da indústria.

Na Argentina, um dos principais mercados para a exportação de nossos produtos, lideranças empresarias participaram da Argenplas, em Buenos Aires. Os brasileiros estiveram presentes e foram representados pela ABIPLAST – Associação Brasileira da Indústria do Plástico, em parceria com a FEIPLASTIC – Feira Internacional do Plástico. Foram mais de 180 expositores de todo o mundo, com participação de aproximadamente 17 mil profissionais vinculados à cadeia produtiva mundial do plástico.

Vale ressaltar que a Argentina é hoje o segundo destino das exportações brasileiras. Em 2015, foram exportadas 43,1 mil toneladas de transformados plásticos, somando US$ 242 milhões, contra 37 mil toneladas de importação, no valor de US$ 144 milhões, gerando um saldo positivo de US$ 98 milhões.

Em agosto, próximo, acontece a INTERPLAST 2016, em Santa Catarina. Evento que reúne paralelamente um congresso técnico, uma rodada de negócios e a feira EuroMold para a América Latina, considerado uma referência de tecnologia e atraindo profissionais de todo o Brasil e do mundo.

Outra oportunidade é o 2º Congresso Brasileiro do Plástico, que tem data marcada para os dias 5 e 6 de outubro, em Porto Alegre. Nesta edição, congressistas do Brasil e do mundo discutirão as contribuições do produto em segmentos estratégicos como saúde, sustentabilidade, inovação e tecnologia, e seu papel na economia do país por meio da exportação. O congresso é organizado por sindicatos do setor do plástico e tem o patrocínio da Braskem, Fitesa, FFS Filmes, além de importantes entidades do setor como a Plastivida, Instituto do PVC, e ABIEF.

Outra oportunidade confirmada para acontecer de 20 a 24 de março de 2017,  que terá apoio oficial do Simpep e entidades  indústria do plástico e da borracha, a Plástico Brasil – Feira Internacional do Plástico e da Borracha é outra demonstração de que o mercado nacional está tentando reagir. Nascida da iniciativa da ABIMAQ – Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos e da ABIQUIM – Associação Brasileira da Indústria Química, a feira conta com apoio de diversas entidades setoriais e tem a organização e promoção da Informa Exhibitions.

No próximo ano, a FEIPLASTIC, a maior feira do setor plástico da América Latina, ocorrerá de 03 a 07 de abril , em São Paulo. Uma das principais feiras do setor do plástico para apresentação de tendências, demonstração de lançamentos e geração de negócios.

 

Denise Dybas Dias, Presidente do Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado do Paraná (SIMPEP)

Localização

Edifício New York Building
Rua João Negrão, 731 – terceiro andar, conjunto 301

Centro, Curitiba – Paraná.

CEP: 80010-200

(41) 3224-9163