Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado do Paraná
telefone:
(41) 3224-9163

Rhodia e Dytech desenvolvem autopeça com plástico de engenharia de fonte renovável

Novidade já está sendo utilizada na confecção de tubulações para combustíveis, servo freio, embreagens e dutos de óleo para veículos leves e pesados.

Com o objetivo de ampliar a oferta de produtos sustentáveis para o setor automotivo e de transportes, a Rhodia, empresa do grupo Solvay, e a DYTECH, empresa do setor de autopeças, desenvolveram no Brasil um produto inovador a partir do plástico de engenharia Technyl® eXten — uma poliamida 6.10 derivada em parte de óleo de mamona, de fonte renovável.

O novo produto, que reduz o impacto ambiental tanto dos processos de produção quanto das aplicações finais, pode ser utilizado na confecção de tubulações para combustíveis, servo freio, embreagens e dutos de óleo para veículos leves e pesados. A novidade já foi homologada em diversos clientes finais das duas empresas, substituindo com vantagens aplicações que atualmente usam PA (poliamida) 12, de origem totalmente petroquímica.

“Em comparação com outros plásticos de engenharia de poliamida de alto desempenho, a nova aplicação de Technyl® eXten oferece aos clientes uma série de vantagens técnicas e de custo-benefício, além dos ganhos ambientais, com a redução das emissões de CO2”, afirma Marcos Curti, diretor da Rhodia Plásticos de Engenharia e Polímeros para as Américas.

Technyl® eXten é uma poliamida parcialmente de origem biológica. Medições revelaram que 62,5% do seu carbono são de origem natural. Esta fonte biológica, além de reduzir a pegada de carbono, ajuda na redução de uso de recursos não renováveis, quando em comparação com outras poliamidas de origem totalmente da cadeia petroquímica. “A aplicação do nosso material na produção de autopeças nesse segmento de alto volume de produção, como os tubos e dutos para veículos leves e pesados, ajudará na redução de milhares de toneladas de emissões de CO2 por ano”, acrescenta Curti

Os plásticos de engenharia e polímeros em poliamida da Rhodia são empregados principalmente na produção de peças para os segmentos automotivo e de transportes, eletroeletrônicos e construção e bens industriais de consumo. A empresa, uma das líderes mundiais desse setor, possui unidades produtivas e laboratórios de desenvolvimento de aplicações em quatro continentes. No Brasil, a fábrica e o laboratório estão instalados em São Bernardo Campo (SP).

Segundo Giorgio Fabbroni, vice-presidente da DYTECH do Brasil, o desenvolvimento dessa nova aplicação de plástico de engenharia de origem renovável amplia a oferta de soluções em linha com as necessidades da indústria automotiva por produtos sustentáveis. A indústria de veículos pesados no Brasil — observa — vive um momento particularmente especial, com a entrada em vigor do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores (Proconve 7).

“Os caminhões têm cada vez mais demandas de carga e as montadoras precisam reduzir o peso do veículo, sem perder eficiência e adequar-se à legislação ambiental, reduzindo as emissões. Estamos engajados juntos com a Rhodia em oferecer aos clientes soluções tais como o Technyl® eXten que combina todos os aspectos da sustentabilidade”, afirma Fabbroni.

Sobre a Rhodia / Solvay

A Rhodia, uma empresa do grupo Solvay, é estruturada em 11 unidades globais de negócios e atua em conjunto com os maiores líderes mundiais das indústrias automotiva, eletroeletrônica, aromas e fragrâncias, saúde, mercados de cuidados pessoais e domésticos, bens de consumo e mercados industriais. A Rhodia emprega 14 250 pessoas em todo o mundo e obteve faturamento de 6,171 bilhões de euros em 2011. O Grupo Solvay, que tem sede em Bruxelas, emprega 29 mil pessoas em 55 países e obteve um faturamento de 12,7 bilhões de euros (pro forma) em 2011.

Sobre a Dytech – Dynamic Fluid Technologies

Com um volume de negócios de 255 milhões de euros e cerca de 3.300 empregados em 9 países, a DYTECH projeta, desenvolve e fabrica uma ampla gama de sistemas, subsistemas e componentes para motores e plataformas de aplicação.

Fonte: Rhodia

Localização

Edifício New York Building
Rua João Negrão, 731 – terceiro andar, conjunto 301

Centro, Curitiba – Paraná.

CEP: 80010-200

(41) 3224-9163