Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado do Paraná
telefone:
(41) 3224-9163

PIB cresce 2,7% e preocupa o governo

O anúncio foi divulgado na terça-feira (6), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mas o resultado já era esperado por boa parte dos especialistas na área: em 2011, o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro fechou o ano com crescimento de apenas 2,7% e alavancou R$ 4, 143 trilhões.

Os números, bastante inferiores à projeção do governo no início do ano passado, que previam uma expansão de 5%, reforça o que vem sendo apontado há meses por diversos indicadores, como baixo crescimento, a desaceleração da economia e a perda de fôlego de alguns setores da indústria – em janeiro, a produção industrial brasileira caiu 2,1% ante dezembro.

Para o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, o baixo resultado do PIB deve-se, principalmente, a política monetária do país, como a alta carga tributária, o custo da energia, os juros elevados, os spreads bancários (diferença entre custo de captação do dinheiro e as taxas cobradas dos tomadores de empréstimos) acima da média mundial e a expressiva concorrência com os importados, que está relacionada ao câmbio.

Fonte: Agência Brasil.

Localização

Edifício New York Building
Rua João Negrão, 731 – terceiro andar, conjunto 301

Centro, Curitiba – Paraná.

CEP: 80010-200

(41) 3224-9163