Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado do Paraná
telefone:
(41) 3224-9163

Petrobras anuncia reservas de 1,2 bilhão de barris no pré-sal

Petróleo é leve e de boa qualidade. Campo está a 195 quilômetros da costa

A Petrobras informou ontem que a área chamada de Pão de Açúcar, localizada na camada pré-sal da Bacia de Campos, tem reservas recuperáveis estimadas em 700 milhões de barris de petróleo leve, de boa qualidade e outros 545 milhões de barris equivalentes de gás natural, totalizando 1,2 bilhão de barris.

Os primeiros indícios de óleo na área do Pão de Açúcar, que fica no bloco BM-C-33, foram descobertos pela Petrobras em 2009, mas só agora foi possível determinar o tamanho da reserva. O bloco é operado pela Repsol Sinopec Brasil (de espanhóis e chineses), que tem 35% de participação no consórcio, além da Statoil com 35% e da Petrobras (30%).

A área fica a 195 quilômetros da costa do Estado do Rio de Janeiro e a uma distância do nível do mar ao solo de cerca de 2.800 metros, ou seja, em águas ultraprofundas.

No mesmo bloco BM–C-33 foram descobertas também há algum tempo duas acumulações, batizadas de Salt e Gávea.

O consórcio vai encaminhar o seu Plano de Desenvolvimento da Exploração à Agência Nacional do Petróleo.

Técnicos da Petrobras explicaram que só a área do Pão de Açúcar pode ser classificada como um campo gigante. Segundo a Petrobras, a partir de 500 milhões de barris, o campo pode ser considerado gigante.

Os técnicos explicaram também que um aspecto positivo é que a camada de sal é de 300 metros de extensão nessa área da Bacia de Campos, bem menor que os cerca de dois mil metros de espessura nos blocos do pré-sal na Bacia de Santos. No pré-sal no campo de Jubarte, também em Campos, a camada de sal também é pequena.

Fonte: O Globo

Localização

Edifício New York Building
Rua João Negrão, 731 – terceiro andar, conjunto 301

Centro, Curitiba – Paraná.

CEP: 80010-200

(41) 3224-9163