Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado do Paraná
telefone:
(41) 3224-9163

Fabricantes buscam alternativas a embalagens PET

 

Empresas de água mineral no Brasil estão buscando embalagens alternativas às garrafas PET. A matéria publicada, hoje (02), no Valor Econômico, agrupa diversas organizações que estão com planejamento de reduzir embalagens feitas com o material. Confira quais são elas:

AMBEV

A Ambev pretende cumprir  a meta de chegar à 2025 com todos os seus produtos vendidos em embalagens retornáveis ou feitas de material 100% reciclado.

No caso do plástico, 37% da produção de garrafas PET têm material reciclado como principal componente.

MINALBA

O Grupo Edson Queiroz, dono da Minalba, lançou no início deste ano a água em lata de alumínio. Segundo  Antônio Vidal, CEO da Minalba Brasil, o alumínio é reciclável e gera percepção de valor para o produto. A água em lata tem sido distribuída para canais de vendas específicos e eventos.

BEBIDAS POTY

Outras empresas de menor porte têm investido na água feita em embalagem cartonada. A Cia. de Bebidas Poty, de Potirendaba (SP), lançou neste mês a A9, marca de água envasada em embalagens cartonadas de 500 ml da Tetra Pak. A  embalagem cartonada é feita de matéria-prima renovável, como o papel e o plástico verde.

ÁGUA NA CAIXA

A Água na Caixa, startup fundada pelos primos Fabiana Szwarcgun Tchalian e Rodrigo Gedankien, também desenvolveu um projeto em embalagem cartonada da Tetra Pak. “Existe um público no Brasil preocupado com o meio ambiente. São pessoas ansiosas por inovações que sejam sustentáveis. Esse é nosso público alvo”, afirmou Fabiana. A Água na Caixa tem previsão de lançamento em São Paulo em janeiro. A operação começa com uma capacidade instalada de 50 milhões de unidades ano.

TECPOLPA

Outra empresa que planeja lançar água em caixa é a Tecpolpa Indústria e Comércio de Sucos, de Dobrada (SP). Allan Colletto, gerente comercial, disse que deve lançar a produto com a marca Simply Water no primeiro trimestre de 2021. A ideia é entrar na categoria premium, mas com preço de até R$ 5 o litro.  “A Just Water, que é uma concorrente americana, é vendida no Brasil a R$ 15 a garrafa de 500 ml. Nossa ideia é ser um intermediário entre essas águas importadas e a água nacional em PET”.

COCA-COLA BRASIL

Grandes indústrias, por sua vez, têm investido no desenvolvimento de embalagens PET com menos plástico. Pedro Rios, vice-presidente de novas bebidas da Coca-Cola Brasil, observou que a empresa lançou a primeira garrafa de água mineral feita 100% com PET reciclado. Para produzir as novas garrafas, a marca Crystal deixará de utilizar 14 mil toneladas de plástico virgem, que seriam consumidas na produção de 700 milhões de embalagens de Crystal, até o fim de 2021. A mudança nos demais fabricantes do Sistema Coca-Cola Brasil acontece em 2021.

 

FONTE: VALOR ECONÔMICO

Localização

Edifício New York Building
Rua João Negrão, 731 – terceiro andar, conjunto 301

Centro, Curitiba – Paraná.

CEP: 80010-200

(41) 3224-9163