Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado do Paraná
telefone:
(41) 3224-9163

Brasil fica em 25º lugar em ranking mundial de tarifa no setor industrial

Com pacote, país sobe quatro posições. Paraguai tem energia mais barata

O Brasil tem uma das tarifas de energia elétrica mais caras do mundo. Ranking elaborado pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) com o preço médio da energia consumida pelo setor industrial em 28 países mostra que o empresário brasileiro desembolsou R$ 329 por Megawatt-hora (MWh)em 2011, o que coloca o Brasil no 25º lugar da lista, atrás de nações como China (R$ 142,4) e Canadá (R$ 107).

Com as medidas anunciadas ontem, segundo a Firjan, o preço do MWh vai cair para R$ 264,50 e o Brasil sobe para 21º lugar no ranking. Com isso, a tarifa brasileira, que estava 50% acima da média mundial, passa a ser superior à média em 23%.

Os encargos e tributos respondem por 48,6% da tarifa industrial. Com a redução de 19,6% no custo da energia para o setor, como anunciado pelo governo federal ontem, o país ultrapassaria Chile, México, El Salvador e Cingapura. Quem tem a energia mais barata é o Paraguai (R$ 84,4). A mais cara é a da Itália (R$ 458,3).

O estudo considera apenas o mercado cativo de energia, no qual os consumidores são obrigados a comprar eletricidade das distribuidoras.

Fonte: O Globo

Localização

Edifício New York Building
Rua João Negrão, 731 – terceiro andar, conjunto 301

Centro, Curitiba – Paraná.

CEP: 80010-200

(41) 3224-9163