Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado do Paraná
telefone:
(41) 3224-9163

Prévia da inflação sobe 0,48% com alta nos preços de alimentos

Carnes subiram 1,79%. Em 12 meses, IPCA-15 acumula alta de 5,31%

Considerado uma prévia da inflação oficial, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) teve nova alta em setembro, de 0,48%, após subir 0,39% em agosto. A alta correspondeu às expectativas do mercado e foi influenciada sobretudo pelos alimentos. Segundo o IBGE, eles subiram 1,08% e tiveram peso de 0,25% no índice, respondendo por pouco mais da metade do IPCA-15 no período.

A alta dos preços agrícolas pesou nos índices de inflação nos últimos meses em meio a problemas climáticos no Brasil e no exterior, como a seca nos EUA. Entre os alimentos, destacaram-se as carnes: subiram 1,79% após caírem 0,76% em agosto. Também ficaram mais caros vestuário e habitação.

– Foi uma boa subida no IPCA-15 e é preocupante. Mas ainda está repercutindo alimentos – disse o economista da Austin Rating Rafael Leão.

No acumulado de 12 meses, o IPCA-15 teve alta de 5,31%, abaixo dos 12 meses anteriores (5,37%). Para Luciana Rostagno, estrategista-chefe da WestLB, os números não corroboram a tese do Banco Central de que a inflação deve convergir para o centro da meta:

– Os dados indicam que a inflação está acima do centro da meta, e não convergindo.

Fonte: O Globo

Localização

Edifício New York Building
Rua João Negrão, 731 – terceiro andar, conjunto 301

Centro, Curitiba – Paraná.

CEP: 80010-200

(41) 3224-9163