Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado do Paraná
telefone:
(41) 3224-9163

O mercado do plástico na construção civil

O plástico está presente em cada aspecto da construção civil. É só observar cada elemento de uma casa: telhas, calhas, forro de telhado, sistema de ventilação, janelas, fachadas, revestimentos, pisos, sistemas de hidráulica, caixa d´água. Além da parte estrutural, é nítida a contribuição do plástico para o design de móveis e objetos e para o conforto em colchões e estofados.

Não é a toa que o material conquistou esse setor da indústria. Só o plástico tem propriedades tão vantajosas para cada tipo de utilização.

Anti-corrosão

Os plásticos são ideais para aplicações como encaixes e vedações de janelas e tubulações, com longa durabilidade e alta resistência. Suas propriedades anti-corrosão proporcionam uma vida útil que pode chegar a mais de 100 anos para tubos e 50 anos para cabos subterrâneos e exteriores.

Isolamento

O plástico possui ótimas propriedades de isolamento térmico e acústico. Por isso, ajuda a economizar energia e diminui a poluição sonora.

Transporte

Plásticos são leves e, por isso, mais fáceis de transportar, armazenar e manusear, ajudando na redução de CO2 emitido na atmosfera.

Flexibilidade

Graças ao seu baixo peso e versatilidade, o plástico é um material de fácil instalação, operação e manutenção. Um exemplo dessa característica são os tubos flexíveis que são capazes de acompanhar a topografia de um terreno.

Higiene

O plástico é um material de fácil limpeza e tem a vantagem de ser impermeável, portanto é ideal para superfícies domésticas ou hospitalares onde os pisos devem permanecer limpos para garantir a higiene, com fácil manutenção.

Impermeabilidade

Evitam a infiltração em obras de infraestrutura ambientais como as geomembranas, que protegem o solo de contaminações. Além disso, permitem soluções para transporte e armazenamento de água, como tubulações e cisternas.

Durabilidade e Resistência

Por serem mais resistentes e duráveis, os produtos plásticos, quando comparados a materiais tradicionais, não enferrujam e resultam em ganho de produtividade na obra, pois demandam menos manutenção na fase de operação.

Sustentabilidade

Para o meio ambiente, a leveza dos materiais melhora a logística, reduzindo a emissão de gases de efeito estufa. Sua elevada durabilidade, a possibilidade de reúso e a facilidade de reciclagem, evitam a extração de novas matérias-primas e a geração de resíduos. Produtos já coloridos e tubulações com emenda por juntas elásticas ou termofusão, por exemplo, ajudam a reduzir a necessidade do uso de tintas e colas e, consequentemente, economizam recursos.

Inovação

Nas últimas décadas, os plásticos têm inspirado arquitetos a projetar edifícios com formas, conceitos e dimensões inteligentes. Como suas propriedades são constantemente aperfeiçoadas, contribuem para redução de custos e maior eficiência energética, tornando os edifícios mais sustentáveis e seguros.

Algumas resinas e suas aplicações:

EPS (Poliestireno expandido)

Não é de hoje que o EPS responde por soluções eficazes no setor da construção civil. Sua homogeneidade estrutural, resistência ao fogo e à quebra, baixo custo, leveza e isolamento térmico e acústico, o tornam especialmente interessante para este setor. Exemplos de aplicações: lajes, isolamento de paredes e concreto leve.

PVC (Cloreto de polivinila ou Policloreto de vinila)

O PVC possui grande importância devido à sua versatilidade, ou seja, com a adição de aditivos como plastificantes, lubrificantes, estabilizantes, pigmentos e corantes, cargas entre outros aditivos, é possível obter uma infinidade de “grades” com propriedades muito diferentes para diversas aplicações. É muito utilizado em tubos e conexões, eletrodutos, recobrimento de fios e cabos, forração, revestimento de pisos, esquadrias e janelas, telhas, etc. A escolha das telhas de PVC pelo setor deve-se à sua leveza e rapidez na instalação, viabilizando a obra em estruturas metálicas. Já os forros de PVC são muito úteis para as escolas, levando em consideração a agilidade na montagem e desmontagem, o que facilita a manutenção sem perder a qualidade.

Poliamida

As poliamidas são polímeros cristalinos com alta rigidez, alto ponto de fusão e alta resistência química, muito utilizados em aplicações técnicas. O aço foi o único material utilizado para condutores de gás de média pressão durante muitas décadas, contudo, em 2012, pela primeira vez tornou-se comercialmente possível substituir o aço por poliamida 12.

 

Fonte:  Movimento Plástico Transforma

 

Localização

Edifício New York Building
Rua João Negrão, 731 – terceiro andar, conjunto 301

Centro, Curitiba – Paraná.

CEP: 80010-200

(41) 3224-9163