Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado do Paraná
telefone:
(41) 3224-9163

Conquistas 2014

Além do caráter estratégico da entidade, atuando politicamente em prol de temas de interesse do setor, o Simpep procura oferecer soluções para os problemas cotidianos enfrentados pelas empresas associadas, prestando um atendimento eficaz e condizente com a agenda nacional do segmento. Nossas conquistas em 2014 foram muitas, entre elas podemos citar:

Liderança nacional com Programa de Logística Reversa

O Simpep é hoje o único sindicato do plástico no Brasil a contar com um importante recurso para destinação correta dos resíduos sólidos.

Somos um dos primeiros a avançar efetivamente na Política Nacional de Resíduos Sólidos, com a criação da Central de Valorização de Materiais Recicláveis (CVMR).

Com o apoio do Sindicato das Indústrias de Bebidas do Estado do Paraná, representando empresas de diversos segmentos industriais, incluindo as indústrias de transformados plásticos, a CVMR é um recurso oportuno e muito vantajoso para o cumprimento da lei, estando ao alcance de 70 municípios paranaenses.

Trata-se de uma alternativa oferecida às indústrias para que possam aderir, corretamente, à Política Nacional de Resíduos Sólidos, que é de extrema relevância para o setor e obrigatória para as nossas indústrias, sob o aspecto legal.

As empresas associadas interessadas em aderir à CVMR podem entrar em contato com o Simpep pelo telefone (41) 3222-4551.

NR12: convênio com Senai oferece consultoria especializada

Por meio de convênio de cooperação com o Senai, empresas associadas podem realizar diagnóstico das necessidades de adequação de seu parque fabril às novas exigências da Norma Regulamentadora NR-12 – que determina regras de segurança dos trabalhadores na operação de máquinas e equipamentos.

Além de desconto de 50% do custo de mercado oferecido pelo Senai, o Simpep oferece subsídio no valor de R$ 3 mil para todas a empresas associadas que estão em dia com as suas obrigações com a entidade.

Por meio da parceria, que teve adesão inicial de 18 indústrias, os consultores do Senai no Paraná farão um diagnóstico completo nas empresas – máquina por máquina – identificando quais dispositivos de segurança precisam ser adequados às normas exigidas pela NR -12, que ficou mais rigorosa ainda depois de revisada pelo Ministério do Trabalho e Emprego, em dezembro de 2010.

“Nossa entidade de classe tem como missão prioritária proteger e procurar meios que possam favorecer indistintamente seus associados e, desta forma, contribuir não apenas institucionalmente, mas também financeiramente, minimizando a atual pressão do Ministério do Trabalho e Ministério Público do Trabalho, que estão intensificando as fiscalizações nas empresas. Podemos agora comprovar que estamos buscando alternativas eficazes para a adequação do setor”, destaca a presidente do Simpep, Denise Dybas.

Durante a assinatura do convênio, a presidente do Simpep enfatizou a importância do Senai em prol dos diversos sindicatos patronais, destacando a representatividade da entidade na defesa dos interesses das indústrias. Marco Secco, diretor regional do Senai no Paraná, enalteceu o setor de transformação do plástico, que vem crescendo e se modernizando nas últimas décadas, gerando empregos e contribuindo com o desenvolvimento do país. Segundo ele, o Senai busca promover o desenvolvimento industrial, por meio de parcerias com os sindicatos que compõem o sistema Fiep, sendo esta uma ação prioritária.

As empresas associadas interessadas em aderir ao convênio com o Senai podem entrar em contato com o Simpep pelo telefone (41) 3222-4551.

 

Conquista de crédito presumido do ICMS

Por meio de um esforço coletivo, o Simpep conquistou este ano benefício fiscal para alguns setores do plástico, proporcionando crédito presumido do ICMS.

O clima de diálogo e receptividade junto ao Governo do Estado deve se manter o mesmo para que a entidade consiga ampliar este benefício aos outros setores e pleitear pela manutenção desta conquista, minimizando assim um dos principais entraves para o crescimento das indústrias no Estado do Paraná, a alta carga tributária.

O governador Beto Richa autorizou o benefício somente após analisar que o setor vinha sendo impactado pela carga tributária em determinados segmentos, concedendo-o apenas onde foi detectado crescimento negativo.

A presidente do Simpep, Denise Dybas Dias, considera esta uma vitória sem precedentes. Segundo ela, a maior conquista já alcançada por um sindicato nesta década. “Continuaremos com o pleito para que os demais segmentos do nosso setor sejam também contemplados”, destaca Denise.

No regulamento do ICMS, aprovado pelo Decreto n. 6.080/2012, os setores contemplados com a isenção são: os de filmes plásticos, sacos e sacolas plásticas, com as respectivas classificações na NCM que, em percentual, terão carga tributária correspondente a 8% do imposto devido pelas saídas internas e interestaduais desses produtos.

 

Escola do Plástico para formação de mão de obra

O desempenho da entidade tem garantido às empresas associadas conquistas importantes junto ao Senai. A Escola do Plástico, que nasceu da necessidade de formação de mão de obra especializada na indústria plástica, é uma delas.

A Faculdade da Indústria do Senai, unidade de São José dos Pinhais, foi ampliada e planejada para o atendimento e oferta de cursos do setor do plástico, salvo a área da logística. Desta forma pode-se dizer que mais de 2.100 metros quadrados do espaço possui relação com o segmento, em alguma modalidade de oferta.

A escola possui equipamentos diversos, como máquinas extrusora e injetora, laboratórios, salas com computadores, entre outros, que serão destinados à formação, em nível de excelência, de novos colaboradores do setor, ampliando os conhecimentos da cadeia do plástico e incentivando os jovens trabalhar no segmento.

A obra de São José dos Pinhais faz parte do Programa Senai de Apoio à Competitividade Industrial, criado em 2012 pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e o Departamento Nacional do Senai, em parceria com o Governo Federal e apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), com objetivo de estimular a inovação e o desenvolvimento tecnológico no país.

As empresas interessadas em saber mais sobre esta parceria com o Senai podem entrar em contato com o Simpep  pelo telefone (41) 3222-4551. Ou com Aparecida Costa, que trabalha na área de Relações com o Mercado do Sistema FIEP SESI SENAI IEL, por meio do telefone celular (41) 9998-7295. Site: http://www.sistemafiep.org.br

 

Sucesso na negociação com o Sindicato dos Trabalhadores

O Simpep vem mantendo um excelente relacionamento com o Sindicato dos Trabalhadores, resultando em negociações produtivas e adequadas à realidade das indústrias do Estado do Paraná.

Neste processo, a competente atuação da Comissão de Negociação foi decisiva, incentivando um clima de respeito mútuo entre as partes, em que colaborador e indústria foram aliados na busca de objetivos.

A grande novidade ficou por conta da manutenção das cláusulas sociais, por um período de dois anos, com resultados gerais considerados positivos, beneficiando os colaboradores sem prejuízo para as empresas.

Entre os itens negociados com os representantes dos trabalhadores, referente à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), foi definida a manutenção do piso salarial diferenciado para as empresas que exercem atividade de reciclagem de plástico, com reajuste de R$ 825,00 (8,26%) para ingresso e de efetivação para R$ 844,80 (8,03%).

Outra negociação definida, o piso normativo da categoria, que ficou em R$ 849,20 (9,57%) para ingresso e R$ 983,40 (9,87%) para efetivo. Já o reajuste geral ficou em 8% para todos, sendo que os colaboradores com os salários acima de R$ 12.000,00 – ou seja, a partir de R$ 12.000,01 – terão garantia mínima de 6,5%. As horas extras serão pagas com percentual linear de 55% ,e a partir de 1º de setembro de 2016, será majorado para 60%.

 

Apoio constante ao desenvolvimento das indústrias

O Simpep atuou em prol da melhoria dos negócios das empresas associadas, com enfoque na promoção de cursos, palestras e reuniões voltadas para ampliar o nível de conhecimento em diversos temas relacionados ao segmento, incentivando também a participação ativa dos profissionais de RH.

A entidade promoveu reuniões mensais com as equipes de Recursos Humanos das empresas para troca de experiências, oferecendo informações que subsidiaram as negociações com o sindicato dos trabalhadores.

O cumprimento das cotas de contratação de pessoas com deficiência e aprendizes, a constante evolução da área de tecnologia da informação, tais como a implantação do Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas, conhecido como e-Social, além de tantos outros temas, foram amplamente discutidos, em prol da capacitação das empresas e seus profissionais.

Mais informações sobre a nova ferramenta, o e-Social, estão disponíveis no site: www.esocial.gov.br/Leiautes.aspx.

Localização

Edifício New York Building
Rua João Negrão, 731 – terceiro andar, conjunto 301

Centro, Curitiba – Paraná.

CEP: 80010-200

(41) 3224-9163