Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado do Paraná
telefone:
(41) 3224-9163

Paraguai quer atrair investidores da indústria do plástico paranaense

Empresários do Sindicato da Indústria do Material Plástico no Estado do Paraná receberam representantes do país vizinho, que vieram oferecer possibilidades de negócios.

No dia 12 de março, empresários associados e diretoria do Simpep receberam representantes da Rede de Atração de Investimentos e Exportação do Paraguai (Rediex), órgão do Governo Paraguaio para Promoção Internacional e Investimentos, que vieram em missão oficial buscando parcerias de negócios.

O encontro, direcionado aos empresários do setor de Plásticos do Paraná, aconteceu na sede do Simpep, onde foram apresentados diversos incentivos oferecidos pelo governo paraguaio.

O adido comercial do Paraguai no Brasil, Sebastian Bogado, representando a Rediex, apresentou dados econômicos atualizados sobre o seu país e elencou as principais ferramentas de investimento oferecidas à indústria nacional.

Segundo ele, o Paraguai tem como interesse se tornar um braço da produção industrial brasileira, contribuindo para a elevação da produção nacional em diversos segmentos.

Em sua apresentação, Bogado ressaltou a competitividade do Paraguai, com baixos custos de mão de obra, energia elétrica, logística e impostos, além dos acordos tarifários com a União Europeia, Estados Unidos e outros países.

De acordo com a presidente do Simpep, Denise Dybas Dias, o encontro serviu para conhecer melhor os diferenciais da política de incentivos do país vizinho.

“Futuramente, podemos organizar uma missão técnica dos empresários do setor plástico do Paraná, em visita ao Paraguai, para avaliar melhor este cenário e conhecer os prós e contras deste modelo de investimento”, ressaltou.

A presidente do Simpep lembrou também que o papel da entidade é buscar alternativas para a criação de um ambiente mais competitivo no setor de transformação do plástico no Paraná, principalmente em um cenário de dificuldades com distorções tributárias, preço elevado da matéria prima e diversos problemas associados ao “custo Brasil”.

“Conhecer melhor estas ferramentas de investimento pode ser uma alternativa para sensibilizarmos os Governos Federal e Estadual  na busca de soluções mais eficazes para o setor”, completou Denise.

Também estiveram presentes no encontro o gerente de relações internacionais da FIEP, Reinaldo Tockus, e os representantes do país vizinho Raúl Florentín, Diretor Nacional da Rediex, e Andres Lu, Secretário de Indústria, Comércio, Turismo e Relações Exteriores do Paraguai.

Localização

Edifício New York Building
Rua João Negrão, 731 – terceiro andar, conjunto 301

Centro, Curitiba – Paraná.

CEP: 80010-200

(41) 3224-9163